Opções

O que é uma Opção?

De maneira simples:


Uma opção representa o direito de comprar ou vender um ativo a um preço preestabelecido dentro de um determinado prazo.


Uma opção não existe sozinha, ela existe ligada a um ativo. Isso porque uma opção é um derivativo. O ativo ao qual uma opção está ligada pode ser um índice, uma ação, contratos futuros, etc. Os conceitos e exemplos apresentados neste tutorial enfatizam opções ligadas a ações, mas são perfeitamente válidos para qualquer tipo de ativo.


Direitos, Deveres e Prazos


O comprador de uma opção tem o ldireito (não o dever) de exercer a opção no tempo determinado. Exercer significa comprar/vender as ações pelo preço combinado. Caso, por alguma razão, o comprador da opção não realize o exercício, a opção deixa de existir ao final do prazo. Nesta situação o comprador perdeu o valor previamente pago pela opção, também chamado de lprêmio.


O lvendedor (também chamado de lançador) de uma opção, ao contrário, tem o ldever de cumprir os requisitos estabelecidos em caso de exercício. Antes de mostrar um exemplo, vamos definir as duas modalidades de opções que existem:


  • Opção de compra (call option): O comprador tem o direito de comprar o ativo dentro do prazo, o vendedor tem a obrigação de vender pelo preço do acordo, não importando o valor atual de mercado.
  • Opção de venda (put option): O comprador tem o direito de vender o ativo dentro do prazo, o vendedor tem a obrigação de comprar pelo preço de acordo, não importando o valor atual de mercado.

Preço de Exercício


O preço de exercício é o preço fixo estipulado para compra ou venda dos ativos. Tomemos como exemplo uma opção de compra, se o dono da opção resolver exercer, ele irá pagar o preço de exercício e o lançador da opção será obrigado a entregar os ativos. Negociar opções significa negociar valores que só serão conhecidos no futuro, assim, pode acontecer em nosso exemplo de o lançador estar tendo de vender a R$40,00 ativos que estão valendo R$80,00 no mercado atual.


Prazo de Exercício


Também chamado de tempo de vencimento ou prazo de expiração. Trata-se do tempo que o comprador da opção tem para realizar o exercício, após o final do prazo a opção deixa de existir.


Contexto do Mercado Brasileiro


No mercado brasileiro diversas empresas têm suas opções bastante negociadas, alguns exemplos são a Telemar, Petrobrás e Telesp Celular. Analisemos um exemplo:


A opção de compra a 38 da Telemar com vencimento em final de outubro corresponde ao código de negociação TNLPJ38. Isso significa que o comprador de TNLPJ38 (o qual pagou um valor de prêmio pela opção), pode até 20 de Outubro (prazo de exercício) comprar as ações da Telemar por R$38,00.




Outros Conceitos Importantes

Fique por dentro do mercado financeiro assinando nossa Newsletter.


Rua Dr.Timóteo, 782.
Porto Alegre - RS, Brasil
(51) 3023-8272 comercial@nelogica.com.br

Carregando...